19/01/2014

O escândalo pet de LBJ

Postado por: Mariana Castro | Categoria: itpets

Ser Presidente – ainda mais dos Estados Unidos – não é tarefa fácil. Ser pet de um Presidente é igualmente complicado, ainda mais quando coisas estranhas acontecem.

 

O Presidente Lyndon B. Johnson foi uma figura política volátil, eleito logo após o assassinato de John Kennedy, em uma época turbulenta, durante os anos 1960. Tudo acontecia ao mesmo tempo – a Guerra do Vietnã, o movimento pelos direitos civis, os assassinatos de Robert Kennedy e de Martin Luther King. Para suportar o peso de suas responsabilidades, o Presidente buscava conforto na companhia de seus pets. LBJ teve diversos cães ao longo de sua vida. Os mais famosos, no entanto, foram os Beagles Him (Ele) e Her (Ela). Os irmãos, nascidos em 1963, podiam ser vistos com Johnson em todos os momentos, inclusive em passeios pelos jardins da Casa Branca, acompanhados da imprensa. Foi numa dessas ocasiões que o tratamento dado aos cães foi posto em xeque.

 

Her e Him nos jardins da Casa Branca, na capa da revista Life

Her e Him nos jardins da Casa Branca, na capa da revista Life

 

Em 4 de maio de 1964, Johnson foi fotografado levantando Him pelas orelhas, durante uma conversa com banqueiros. As fotos foram estampadas nas primeiras páginas dos principais jornais do país, e provocaram protestos acalorados, principalmente por parte dos grupos de proteção animal. Forçado a prestar explicações, o Presidente disse não compreender o motivo de tamanha polêmica, e defendeu sua atitude, afirmando que utilizava esta técnica para fazê-los latir, o que seria bom para seus companheiros de quatro patas.

 

O episódio acabou não tendo consequências políticas para Johnson, mas serviu para mostrar que os relacionamentos de um Presidente estão sempre sujeitos ao escrutínio público, mesmo quando se trata de seus pet. Afinal, pode-se dizer muito sobre uma pessoa a partir da forma como trata os animais!

Tags:, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *