11/09/2017

Furacão Irma: cavalos são abrigados dentro de casa

Postado por: Mariana Castro | Categoria: itnews, Sem categoria

Evacuar animais de grande porte em situações de emergência é um desafio. Às vezes a melhor solução é abrigá-los o mais perto de casa possível – e talvez dentro de casa. Foi o que fizeram essas pessoas que possuem cavalos nas regiões afetadas pelo furacão Irma.

 

Taittyn Fischer e Georgia Mott, residentes de Lake Okeechobee em West Palm Beach, não poderiam deixar seus cavalos, Goose e Dixie, do lado de fora. Experientes que são em lidar com cavalos, estocaram feno e ração, cobriram o chão de um cômodo com serragem, e deixaram que ambos se acomodassem dentro de casa. Não demorou muito para que estivessem calmamente passeando pela casa. “Eles estão adorando”, disse Taittyn Fischer a um repórter da TV Fox 35. Ambas postaram vídeos em seus perfis no Facebook que viraram virais, e gente do mundo inteiro elogiou a atitude.

 

Os cavalos de Taittyn Fischer foram abrigados dentro de casa devido ao furacão Irma

Taittyn Fischer com seus cavalos

 

Outro caso foi o dos cavalos de equoterapia da Horses That Help, uma ONG que resgata e reabilita cavalos para trabalhar com crianças com necessidades especiais e em situação de risco. Sediada em Loxahatchee, Palm Beach, a instituição tem atualmente 8 cavalos, que foram acomodados dentro da casa do casal Yvonne e Drew Moritz. A ideia surgiu no dia 4 de setembro, quando se preparavam para evacuar os cavalos para um local seguro. Buttercup, a veterana do grupo, sofre de dores nos joelhos, e provavelmente não aguentaria a viagem de caminhão.

 

Buttercup foi um dos cavalos abrigados dentro de casa durante o furacão Irma

Buttercup na equoterapia, ajudando crianças com necessidades especiais

 

A sala foi esvaziada de todos os móveis, o piso de concreto coberto com mantas antiderrapantes e serragem, e o espaço dividido com baias móveis, para acomodar Buttercup, Pepper, Mo, Giddeon, Alvin, Noah, Icee e o pequeno pônei Jojo. Foram 32 horas na sala, depois do que os cavalos puderam ser soltos em seus piquetes do lado de fora com segurança, por volta das 6 da manhã de hoje, no horário de Brasília. “Cada um desses cavalos foi um presente de Deus. Nós levamos a sério a responsabilidade de ser seus tutores”, disse Yvonne no vídeo que postou no Facebook, e que também viralizou.

 

Histórias assim mostram que é possível fazer o que é certo pelos animais em situações extremas, e em qualquer situação, na verdade. Basta querer.

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *